Mundo

Netanyahu diz que Irã explora 7 mil novas centrífugas no programa nuclear

O primeiro-ministro de Israel afirmou que "as únicas coisas que obrigaram os iranianos a deter o programa nuclear foram as pressões e as ameaças explícitas de operações militares"

Agência France-Presse
postado em 07/08/2013 11:27
Jerusalém - O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta quarta-feira (7/8) que o Irã utiliza 7.000 novas centrífugas em seu programa nuclear, incluindo 1.000 de um novo tipo. "O Irã não suspendeu o programa nuclear, mesmo depois das eleições presidenciais. Atualmente eles usam 7.000 novas centrífugas, incluindo 1.000 de um tipo mais moderno", disse Netanyahu.

Benjamin Netanyahu: o presidente iraniano tenta apresentar uma nova imagem de si mesmo ao Ocidente
"O presidente iraniano tenta apresentar uma nova imagem de si mesmo ao Ocidente, mas os progressos do programa nuclear continuam", acrescentou o primeiro-ministro durante uma visita ao sul de Israel. "Ele (o novo presidente iraniano, Hassan Rohani) nos diz que nenhuma ameaça o fará ceder, mas isto é falso. As únicas coisas que durante os 20 últimos anos obrigaram os iranianos a deter o programa nuclear foram as pressões e as ameaças explícitas de operações militares", acrescentou.



Em 14 de julho, Netanyahu advertiu em um canal de televisão americano que Israel poderia atuar contra o programa nuclear iraniano e chamou Rohani de "lobo disfarçado de cordeiro".

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação