Publicidade

Estado de Minas

Encerrada votação das primárias para legislativas na Argentina

Sem o registro de incidentes, mais de 60% da lista de 30,5 milhões de pessoas de uma população de 40 milhões de habitantes votaram nas 90 mil mesas habilitadas em todo o país


postado em 11/08/2013 19:57 / atualizado em 11/08/2013 20:04

 

Sergio Massa, prefeito de Tigre cidade de Buenos Aires, votos para eleições primárias em um posto de votação em uma escola pública de Tigre(foto: ENRIQUE MARCARIAN)
Sergio Massa, prefeito de Tigre cidade de Buenos Aires, votos para eleições primárias em um posto de votação em uma escola pública de Tigre (foto: ENRIQUE MARCARIAN)

Buenos Aires - A votação das primárias para eleger os candidatos para as legislativas de outubro na Argentina foi encerrada às 18h00 locais (mesmo horário em Brasília), sem o registro de incidentes. Mais de 60% da lista de 30,5 milhões de pessoas de uma população de 40 milhões de habitantes votaram nas 90 mil mesas habilitadas em todo o país, segundo dados parciais do ministério do Interior.

Leia mais notícias em Mundo

Nas primárias abertas, simultâneas e obrigatórias são eleitos os candidatos para as legislativas de 27 de outubro, que renovará a metade da Câmara de Deputados e um terço do Senado, ambas controladas pela governista Frente para a Vitória (peronistas e aliados), em metade do segundo o último mandato da presidente Cristina Kirchner.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade