Publicidade

Estado de Minas

Ex-ministro de Mursi é preso no Egito


postado em 12/11/2013 21:19

Cairo - A polícia egípcia deteve nesta terça-feira Basem Uda, ministro de Abastecimento e Comércio do presidente islâmico deposto Mohamed Mursi, informaram dirigentes locais, enquanto prossegue a repressão das autoridades contra os partidários do governo deposto pelos militares.

Basem Uda foi preso em uma fábrica onde estava escondido, informaram as mesmas fontes. A polícia egípcia já deteve vários ministros de Mursi e membros da Irmandade Muçulmana, grupo que constitui a base política do presidente islâmico.

As autoridades acusam Uda por incitação à violência. Um tribunal egípcio decretou o fim do estado de emergência nesta terça-feira, dois dias antes do término de sua vigência, em 14 de novembro.

O estado de emergência foi imposto em meados de agosto, em meio à violência entre manifestantes pró-Mursi e as forças da ordem após a deposição do presidente islâmico. Os confrontos deixaram quase mil mortos, a maioria seguidores do presidente deposto.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade