Mundo

Putin quer inspeção de tropas para verificar se estão prontas para combate

As Forças Armadas foram colocadas sob alerta. A operação deve durar até 3 de março

Agência France-Presse
postado em 26/02/2014 11:16
Moscou - O presidente russo Vladimir Putin ordenou nesta quarta-feira (26/2) a inspeção de suas tropas nos distritos militares do oeste e do centro, anunciou o ministro da Defesa Sergei Shoigu. "O comandante-em-chefe ordenou a inspeção da capacidades das Forças Armadas para lidar com situações de crise que representem uma ameaça para a segurança militar do país", afirmou, citado pela agência Interfax.

Putin já ordenou em diversas ocasiões inspeções surpresas das tropas russas desde o retorno ao Kremlin
As tropas do distrito militar do oeste - um vasto território que faz fronteira com a Ucrânia, Belarus, Estados Bálticos, Finlândia e Ártico - assim como a segunda tropa do distrito militar do centro, o comando de defesa espacial e as tropas aeroportuárias foram "colocadas sob alerta às 14h" (8h no horário de Brasília), indicou. A operação deve durar até 3 de março, indicou.

Este anúncio ocorrem em meio à crise na Ucrânia, que preocupa as autoridades russas. Contudo, Putin já ordenou em diversas ocasiões inspeções surpresas das tropas russas desde seu retorno ao Kremlin em 2012. A última, visando as tropas do Extremo-Oriente, aconteceu em julho do ano passado.



Na terça-feira (25/2), o presidente dirigiu uma reunião do Conselho de Segurança russo sobre a situação na Ucrânia. Putin ainda não se expressou publicamente sobre a destituição na Ucrânia do presidente Viktor Yanukovytch e a chegada de novas autoridades em Kiev.

O primeiro-ministro Dmitri Medvedev considerou na segunda-feira ser "uma aberração considerar como legítimo o que foi resultado de uma revolta". "Será difícil trabalhar com um tal governo", declarou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação