Publicidade

Estado de Minas

Obama: um referendo na Crimeia violará o direito internacional

O presidente também disse que os Estados Unidos e seus aliados estão unidos contra a incursão russa na Ucrânia


postado em 06/03/2014 15:46

Barack Obama advertiu que a convocação de um referendo na Crimeia sobre sua reintegração à Rússia violaria a soberania da Ucrânia e do direito internacional(foto: Jonathan Ernst/Reuters)
Barack Obama advertiu que a convocação de um referendo na Crimeia sobre sua reintegração à Rússia violaria a soberania da Ucrânia e do direito internacional (foto: Jonathan Ernst/Reuters)

Washington - O presidente Barack Obama advertiu nesta quinta-feira (6/3) que a convocação de um referendo na Crimeia sobre sua reintegração à Rússia violaria a soberania da Ucrânia e do direito internacional.

Obama também disse que os Estados Unidos e seus aliados estão unidos contra a incursão russa na Ucrânia, mas assegurou que uma solução diplomática para o conflito continua sendo possível.

Leia mais notícias em mundo

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade