Publicidade

Estado de Minas

Julgamento do rapper americano Chris Brown é adiado mais uma vez

Em 2009, ele havia sido condenado a cinco anos de liberdade condicional e a prestar serviço comunitário após agredir a então namorada Rihanna


postado em 23/04/2014 19:41

Chris Brown, que se declarou culpado de agredir sua namorada Rihanna, aparece em tribunal por violar sua liberdade condicional, em Los Angeles, no final de março(foto: Lucy Nicholson/Reuters)
Chris Brown, que se declarou culpado de agredir sua namorada Rihanna, aparece em tribunal por violar sua liberdade condicional, em Los Angeles, no final de março (foto: Lucy Nicholson/Reuters)


Washington - Um juiz de Washington voltou a adiar nesta quarta-feira o início do julgamento por agressão contra a estrela do hip hop Chris Brown, porque decidiu enviá-lo para a Califórnia para que assista a uma audiência sobre outro caso.

Brown, de 24 anos, que compareceu à Justiça na capital americana, deverá retornar a Washington em 25 de junho. Seu processo já havia sido adiado por dois dias na segunda-feira (21/4).

Se for considerado culpado por agredir um fã em outubro passado em Washington, Brown poderá ser condenado a seis meses de prisão e a pagar uma multa de US$ 1.000. Pelo mesmo caso, o segurança do rapper Chris Hollosy já foi condenado.

Leia mais notícias em Mundo

O ganhador do prêmio Grammy de melhor álbum R&B em 2012 por "F.A.M.E." também pode ser condenado à prisão em Los Angeles. Recentemente, uma corte local exigiu sua presença por ter violado os termos de sua libertado condicional no caso Rihanna.

Em junho de 2009, ele havia sido condenado a cinco anos de liberdade condicional e a prestar serviço comunitário, assim como a seguir um programa de aconselhamento sobre violência doméstica. Chris Brown se declarou culpado por agredir sua então namorada, a diva pop Rihanna, em fevereiro desse mesmo ano. Em 2013, foi chamado à Justiça várias vezes por diversas violações à condenação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade