Publicidade

Estado de Minas

Após cessar fogo em Gaza, embaixador brasileiro retornará a Israel

Governo de Israel havia manifestado decepção diante da decisão do governo brasileiro de convocar o embaixador do país em Tel Aviv para consultas em Brasília


postado em 28/08/2014 16:50

Após o anúncio de cessar-fogo entre o grupo palestino Hamas e Israel, o Ministério das Relações Exteriores (MRE) decidiu enviar de volta a Tel Aviv o embaixador Henrique Sardinha. Segundo o Itamaraty, a decisão foi motivada pela trégua e Sardinha recebeu orientações para retornar o mais breve possível para Israel. A data para a chegada do embaixador, no entanto, ainda não foi fixada.

O diplomata foi convocado para consultas há cerca de um mês, em uma advertência do governo brasileiro sobre a escalada do conflito entre israelenses e palestinos. Na ocasião, Jerusalém reagiu às críticas do Itamaraty sobre o uso "desproporcional de força" sobre a Faixa de Gaza classificando o Brasil como um "anão diplomático".

Leia mais notícias em Mundo


Ao anunciar a conclusão das consultas a Sardinha, o MRE manifestou "satisfação" com o cessar-fogo na região. "O Governo brasileiro confia em que o cessar-fogo contribua para a estabilização da região e permita encontrar um encaminhamento definitivo para o conflito entre Israel e Palestina, com base na solução de dois Estados, vivendo lado a lado, em paz e segurança", considerou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade