Publicidade

Estado de Minas

Protestos pró-curdos na Turquia deixam, pelo menos, nove mortos

Segundo a imprensa turca, os confrontos deixaram ainda dezenas de feridos, em várias cidades do país


postado em 07/10/2014 20:41

Istambul- Ao menos nove pessoas morreram nesta terça-feira durante violentas manifestações na Turquia para exigir que o governo em Ancara intervenha militarmente para impedir a queda da cidade síria de Kobane, de maioria curda, nas mãos do grupo jihadista Estado Islâmico. Segundo a imprensa turca, os confrontos deixaram ainda dezenas de feridos, em várias cidades do país, principalmente no sudeste, região de maioria curda.

Leia mais notícias em Mundo

Em Diyabarkir, "capital" curda da Turquia, os protestos deixaram cinco mortos. Outras duas pessoas morreram em Siirt, uma em Batman e outra em Mus, todas cidades situadas no sudeste do país. Os confrontos envolveram pró-curdos, policiais e adversários políticos dos curdos.

O principal partido curdo na Turquia, o Partido Democrático Popular (HDP), convocou na segunda-feira todos os curdos do país a protestar em favor de Kobane, cidade na fronteira com a Turquia, a ponto de cair nas mãos do Estado Islâmico (EI).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade