Publicidade

Estado de Minas

Ucrânia reverá compromissos de paz após eleições separatistas

Presidente prometeu "rever" o plano de ação de Kiev e "suprimir a lei sobre o 'status' especial" das regiões rebeldes, votado no âmbito do acordo de paz


postado em 03/11/2014 16:40

Kiev - A Ucrânia reverá seus compromissos de um plano de paz para o Estado rebelde, que foram "grosseiramente violados" com as eleições separatistas de domingo - declarou o presidente ucraniano, Petro Porochenko, nesta segunda-feira (3/11).

"Essas pseudoeleições são uma violação grosseira do Protocolo de Minsk de 5 de setembro", firmado entre Kiev e os separatistas, declarou Porochenko, em discurso à nação.

Leia mais notícias em Mundo

O presidente prometeu "rever" o plano de ação de Kiev e "suprimir a lei sobre o 'status' especial" das regiões rebeldes, votado no âmbito do acordo de paz.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade