Publicidade

Estado de Minas

Governo catalão mantém consulta separatista mesmo com suspensão judicial

Tribunal Constitucional espanhol suspendeu nesta terça-feira (4/11) a consulta alternativa sobre a independência da Catalunha


postado em 04/11/2014 13:15

Barcelona - O porta-voz do governo catalão, Francesc Homs, anunciou nesta terça-feira (4/11) que a votação simbólica sobre a independência da região, prevista para domingo e suspensa pelo Tribunal Constitucional depois de um recurso do governo espanhol, será mantida.

Além disso, o porta-voz do executivo nacionalista anunciou a apresentação de um recurso contra o governo da Espanha por tentar impedir o direito de participação e expressão popular ideológica.

O Tribunal Constitucional espanhol suspendeu nesta terça-feira (4/11) a consulta alternativa sobre a independência da Catalunha, convocada para o próximo domingo pelo governo nacionalista regional.

Leia mais notícias em Mundo

O tribunal adotou por unanimidade a decisão, depois de receber um recurso do governo espanhol contra esta consulta. O governo catalão havia promovido a consulta como uma alternativa à primeira, suspensa pelo tribunal em 29 de setembro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade