Publicidade

Estado de Minas

Príncipe herdeiro japonês quer transmitir história correta da guerra

"Que as gerações que viveram a guerra transmitam corretamente às que não a conheceram a história e as experiências trágicas vividas pelo Japão", disse Naruhito


postado em 23/02/2015 07:46

Tóquio - O príncipe herdeiro japonês Naruhito, que completa 55 anos nesta segunda-feira (23/2), ressaltou a importância de transmitir com exatidão o que foi a guerra aos jovens que não a viveram, em um país que ainda tem dificuldades com sua história 70 anos após o fim da Segunda Guerra Mundial.

"Nasci depois da guerra e não a vivi, mas considero importante que encaremos com humildade o passado e, já que hoje ainda é possível, que as gerações que viveram a guerra transmitam corretamente às que não a conheceram a história e as experiências trágicas vividas pelo Japão", disse em uma incomum coletiva de imprensa. Naruhito lembrou que o Japão se reconstruiu com base em uma Constituição pacifista e aproveitou um ambiente de paz, e desejou que o valor desta paz seja lembrado e que se trabalhe por ela.

O filho mais velho e primeiro sucessor potencial do imperador Haruhito no trono do Crisântemo pronunciou estas palavras quando o primeiro-ministro, Shinzo Abe, se prepara para redigir uma nova declaração para marcar os 70 anos do fim da Segunda Guerra Mundial, da qual o Japão saiu muito abalado.

O imperador, embora seja o chefe de Estado, e os demais membros da família imperial, incluindo Naruhito, não desempenham um papel político, mas seus aniversários e as coletivas de imprensa são ocasiões em que aproveitam para enviar mensagens, sempre de forma alusiva.

Leia mais notícias em Mundo

Naruhito declarou que está abalado "pelos atos de terrorismo contra civis registrados em todo o mundo e dos quais cidadãos japoneses também foram vítimas". Ele se referia à decapitação recente de dois japoneses, Haruna Yukawa e Kenji Goto, pelo grupo Estado Islâmico, que os sequestrou no ano passado.

Nascido em 23 de fevereiro de 1960, Naruhito é casado com uma ex-diplomata, a princesa Masako, de 51 anos, e tem uma filha, Aiko, de 13 anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade