Publicidade

Estado de Minas

Obama pede igualdade de direitos para homossexuais na África

Presidente comparou a homofobia com a discriminação racial que sofreu nos Estados Unidos


postado em 25/07/2015 12:21

O presidente americano, Barack Obama, defendeu neste sábado no Quênia a igualdade de direitos para os homossexuais e comparou a homofobia com a discriminação racial que sofreu nos Estados Unidos. "Fui coerente em toda a África sobre este tema. Acredito no princípio de tratar as pessoas com igualdade ante a lei (...) e o Estado não deveria discriminar com base na orientação sexual", disse Obama durante uma coletiva de imprensa conjunta com o presidente queniano, Uhuru Kenyatta. Além disso, Obama disse aos jornalistas que como "americano de origem africana" é dolorosamente consciente das consequências da discriminação.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade