Publicidade

Estado de Minas

Julho foi o mês mais quente registrado na história

O recorde anterior para julho foi estabelecido em 1998


postado em 20/08/2015 12:48 / atualizado em 20/08/2015 17:02

Os sete primeiros meses de 2015 foram os mais quentes registrados na superfície do planeta desde o início do acompanhamento das temperaturas em 1880, anunciou nesta quinta-feira (20/8) a Agência Oceânica e Atmosférica (NOAA) dos Estados Unidos.

Julho também bateu o recorde de mês mais quente da Terra comparativamente ao mesmo período de mais de um século (1880-2015), enfatizou a NOAA em um comunicado.

"O mundo está esquentando. Continua esquentando. Isso é mostrado cada vez mais em nossos dados", informou Jake Crouch, do Centro de Informação Ambiental da NOAA. "Agora que temos toda a certeza de que 2015 será o ano mais quente já registrado, é hora de pensarmos sobre qual o impacto disso? O que isso significa para as pessoas?"

Leia mais notícias em Mundo

A média de temperatura em terra e na superfície do mar em todo mundo foi de 16,61 graus Celsius, que faz de julho o mês mais quente de todos os tempos. Os cientistas também calcularam a taxa de aumento de temperatura para julho em uma média de 0,65 C por século. O recorde anterior para julho foi estabelecido em 1998.

Várias partes do planeta tiveram temperaturas muito mais altas que a média, incluindo a África, que teve seu segundo mais quente mês de julho desde que começaram os registros.

"Recordes de temperatura foram observadas também no norte da América do Sul, partes da Europa meridional, Ásia central e no oeste dos Estados Unidos".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade