Publicidade

Estado de Minas

Vídeo: brasileiro cai de navio de cruzeiro no mar do Caribe

Bernardo Garcia Teixeira, de 31 anos, ficou pendurado na varanda, mas despencou sobre a água; imagens são fortes


postado em 09/11/2015 20:17 / atualizado em 09/11/2015 20:26

 

 

O brasileiro Bernardo Garcia Teixeira, de 31 anos, caiu de um navio de cruzeiro no mar do Caribe, próximo das Ilhas Turks e Caicos, na América Central, por volta de 1h da manhã de sexta-feira (6/11). Ele não foi mais encontrado e, segundo a Polícia de Broward, no estado da Flórida (EUA), as buscas foram encerradas. O homem foi avistado por membros da tripulação já na intenção de pular sobre as águas, do sétimo andar da embarcação, da Royal Caribbean Cruises.

Um vídeo feito por passageiros mostra Bernardo pendurado na varanda. Em seguida, ele se esforça para retornar ao navio, mas despenca sobre o mar.

A Guarda Costeira de Miami, nos Estados Unidos, onde o cruzeiro atracou, iniciou buscas por Bernardo no mesmo dia do incidente, mas encerrou os trabalhos no sábado (7/11) e enviou condolências aos familiares do brasileiro.

 

Intencional

Detetives da polícia de Broward analisaram imagens do circuito interno do navio e concluíram as investigações nesta segunda-feira (9/11). A averiguação, publicada na página da polícia, aponta que Bernardo avisou que se jogaria sobre o mar minutos antes de pular do cruzeiro.

O brasileiro e o marido, Erik Elbaz, 34, estavam a bordo do Oasis of the Seas, da Royal Caribbean Cruises, quando a segurança do navio respondeu um chamado da cabine deles a respeito de um desentedimento entre os dois passageiros. Ao chegar, a equipe encontrou evidências de luta corporal no quarto do casal.

Os detetives de Broward avaliaram vídeos das interações de Bernardo e Erik com a segurança do navio em que a vítima pode ser ouvida declarando que planejava ir ao mar. Na gravação, ele pode ser visto correndo em direção a varanda sozinho. A imagem também mostra Elbaz tentando acudir o parceiro, seguido pela equipe de segurança do navio.

A vítima pulou da varanda do sétimo piso e atingiu um suporte de metal para uma embarcação no quinto andar. Bernardo se agarrou ao navio enquanto membros da equipe tentavam resgatá-lo, mas caiu na água em seguida.

A Polícia do Estado da Flórida informou que não vai liberar qualquer vídeo dos eventos que anteriores ou que sucederam o incidente.

Em nota, a Royal Caribbean Cruises informou ter colaborado com as investigações e que a equipe de segurança do Oasis of The Sea atendeu a um chamado logo após um hóspede reclamar sobre uma discussão na varanda vizinha. A companhia comunicou também não ter feito contato físico com Bernardo e afirmou não ter sido possível impedí-lo de saltar do navio. A empresa diz que presta assistência à família do brasileiro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade