Publicidade

Estado de Minas

Homem que atacou delegacia em Paris usava falso colete de explosivos

O episódio ocorre exatamente um ano após o violento ataque contra a redação da revista satírica Charlie Hebdo, quando 12 pessoas morreram


postado em 07/01/2016 14:16

O homem que realizou um ataque com uma faca em uma delegacia de polícia no norte de Paris, na manhã desta quinta-feira (7/1), usava um falso colete de explosivos. Um porta-voz do Ministério do Interior da França, Pierre-Henry Brandet, disse à televisão francesa que o suspeito levava algo que parecia um cinto de explosivos e "pode ter gritado Allahu akbar" (Deus é grande, em árabe), no momento da ação.

Leia mais notícias em Mundo

O homem foi imediatamente ferido com gravidade e morreu posteriormente. Um esquadrão antibomba foi enviado à delegacia. Posteriormente, policiais e promotores determinaram que não havia explosivos.

O episódio ocorre exatamente um ano após o violento ataque contra a redação da revista satírica Charlie Hebdo, quando 12 pessoas morreram. O homem tentou invadir a polícia no mesmo dia em que o presidente francês, François Hollande, falava a agentes de segurança sobre o ataque ao Charlie Hebdo e a questão da segurança no país.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade