Publicidade

Estado de Minas

Independentistas formam governo na Catalunha

Em uma mudança surpreendente dos acontecimentos, o presidente regional Artur Mas renunciou no sábado a sua reeleição para facilitar uma grande coalizão


postado em 10/01/2016 11:10

Os independentistas da Catalunha escolhem neste domingo (10/1) o presidente do governo que deve liderar o plano de secessão da região do nordeste da Espanha, enquanto o país se encontra sem governo e politicamente fragmentado após as eleições legislativas de dezembro.

Em uma mudança surpreendente dos acontecimentos, o presidente regional Artur Mas renunciou no sábado a sua reeleição para facilitar uma grande coalizão de conservadores, progressistas e anticapitalistas que, com maioria absoluta no parlamento regional, deseja proclamar em 18 meses a independência da Catalunha.

Na tarde de domingo, o Parlamento escolherá como sucessor de Mas o político Carles Puigdemont, atual prefeito de Girona, reduto nacionalista que fica 100 km ao norte da cidade, e deve dar início a uma legislatura destinada a criar um severo conflito com Madri.

Enquanto os independentistas concentram forças, a quarta maior economia da Eurozona se encontra sem governo e com um cenário político muito fragmentado após as eleições de 20 de dezembro, vencidas pelo presidente de governo conservador Mariano Rajoy, mas longe da maioria absoluta.
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade