Publicidade

Estado de Minas

Segredo da longevidade: conheça histórias de supercentenários pelo mundo

A norte-americana Susannah Mushatt, de 116 anos, é considerada a mulher mais velha do mundo. O japonês japonês Yasutaro Koide ganhou o título de homem mais velho do planeta no ano passado


postado em 13/01/2016 14:14 / atualizado em 13/01/2016 14:23



Embora o título de homem mais velho do mundo, segundo o Livro Guinness dos Recordes, seja do japonês Yasutaro Koide, de 112 anos, - título que pode passar ao cearense João Coelho de Souza, de 131 anos – outros supercentenários colecionam histórias e exemplos de vida. Uma lista feita pelo Grupo de Pesquisa Gerontológica (GRG, na sigla em inglês), em Los Angeles, nos Estados Unidos, traz dezenas de pessoas que já viveram mais de um século. Conheça algumas histórias:

A norte-americana Susannah Mushatt, de 116 anos, revelou ao New York Post, que o segredo para a vitalidade estava em sua dieta baseada em bacon e ovos fritos no café da manhã. Considerada a pessoa mais velha do mundo, ela nasceu no Alabama em 6 de Julho de 1899, em uma família de lavradores que cultivava os campos de algodão. A supercentenária participou ativamente na luta pelo direito de voto das mulheres e pelos direitos civis, numa época em que a comunidade negra era tratada como de “pessoas de segunda classe”.

Emma Morano: mais velha da Europa(foto: Reprodução de internet)
Emma Morano: mais velha da Europa (foto: Reprodução de internet)

A italiana Emma Morano é vista como a pessoa mais velha da Europa, também aos 116 anos. Ao New York Times, a alegre senhora, nascida em 29 de Novembro de 1899, disse que o segredo para viver tanto tempo é atribuído à superação do momento mais difícil de sua vida, quando deixou o marido violento em 1938, logo após a morte de seu único filho de sete meses. Diagnosticada com anemia aos 20 anos, ela foi aconselhada a comer dois ovos crus e um cozido todos os dias, um regime que ela manteve por 90 anos. Hoje, ela mora no Brooklyn e mudou um pouco a dieta: prefere ovos mexidos e servidos com quatro fatias de bacon.

Leia mais notícias em Mundo

Violet Brown tem apego aos livros e dedica grande parte do tempo à leitura(foto: Reprodução de internet)
Violet Brown tem apego aos livros e dedica grande parte do tempo à leitura (foto: Reprodução de internet)

A jamaicana Violet Brown nasceu em 10 de marco de 1900 e é considerada a mais velha do país. Brown nasceu quando a Jamaica era uma parte do Império Britânico e diz que ainda não sente que tem mais de cem anos. Embora hoje esteja menos ativa, Brown ostenta que, mesmo com 115 anos, é capaz de fazer a própria cama de manhã e tem grande apego aos livros, já que se dedica à leitura na maior parte do tempo.

Nguyen Thi Tru ainda não foi reconhecida pelo Guinness como mulher mais velha do mundo(foto: Reprodução de internet)
Nguyen Thi Tru ainda não foi reconhecida pelo Guinness como mulher mais velha do mundo (foto: Reprodução de internet)

A vietnamita Nguyen Thi Tru é a mulher mais longeva, de acordo com a Associação Mundial dos Recordes, com sede em Hong Kong. A moradora do subúrbio rural de Ho Chi Minh já não fala e tem a saúde frágil, mas sorri para as pessoas que passam ao redor, contou a nora dela, Nguyen Thi Ba, 76, em entrevista ao Estadão. Os documentos civis da vietnamina dão conta de que seu nascimento ocorreu em 5 de maio de 1893, mas anão foram validados pelo Guinness. Um dos poucos vícios da mulher, que nunca provoou o álcool, são doces de açúcar de palma e banana.

Recorde oficial
Aos 112 anos, Yasutaro Koide diz que o segredo para viver bem por mais de um século é “não exagerar”. Morador da cidade japonesa de Nagoya, ele foi reconhecido em 21 de agosto do ano passado pelo Guinness World Records como o homem mais velho do mundo. Koide nasceu em 13 de março de 1902 e trabalhou como alfaiate. Ele se tornou o homem mais velho do mundo com a morte de Sakari Momoi, de Tóquio, aos 112, em julho.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade