Publicidade

Correio Braziliense

Uber começa a testar carros sem motorista nos Estados Unidos

A empresa informou que o projeto ainda está em uma fase muito inicial


postado em 19/05/2016 16:48

O serviço de transporte privado Uber apresentou nesta quinta-feira o protótipo do seu primeiro carro sem motorista, que a empresa americana pretende testar nas ruas da cidade de Pittsburgh, no estado da Pensilvânia, no nordeste dos Estados Unidos. "Se você estiver dirigindo por Pittsburgh nas próximas semanas, poderá presenciar um estranho espetáculo: um carro que parece estar sendo conduzido por um super-herói", afirmou a empresa na sua página web.

"Mas não se trata de um objeto cinematográfico - é um carro experimental do Centro de Tecnologias Avançadas do Uber em Pittsburgh". A empresa informou que o projeto ainda está em uma fase muito inicial, e que por enquanto está "focada em desenvolver a tecnologia certa e garantir que o veículo é seguro para todos na estrada - pedestres, ciclistas e outros motoristas".

O Uber vai usar um Ford Fusion híbrido que vai registrar dados de mapeamento enquanto testa as habilidades de condução autônoma. Muitos grupos de fabricantes de automóveis e de tecnologia trabalham no desenvolvimento de veículos autônomos, que funcionam sem motorista, para facilitar a mobilidade de pessoas deficientes ou idosas e reduzir acidentes e engarrafamentos.

Leia mais notícias em Mundo


Um dos projetos que mais avança é o Google Car, do gigante da internet americano Alphabet, que anunciou no início deste mês uma parceria com o fabricante italiano Fiat, que representa uma grande expansão da sua frota de veículos autônomos.

As empresas Google, Uber, Lyft - outro serviço americano de transporte privado -, assim como as fabricantes Ford e Volvo, revelaram no fim de abril a criação da Coalizão de Condução Autônoma para Ruas mais Seguras, organização que pretende promover os veículos autônomos nos Estados Unidos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade