Publicidade

Correio Braziliense

Embarcação Viking volta a desembarcar na América

Trata-se do maior barco viking do mundo, com comprimento de 35 metros e largura de 8 metros. Ele zarpou em 26 de abril de Haugesund (sudoeste da Noruega) com uma tripulação formada por 33 membros e modernos instrumentos de navegação


postado em 02/06/2016 14:50


Oslo, Noruega - Um milênio depois do viking Leif Erikson, que teria descoberto a América antes de Cristóvão Colombo, um "drakkar" (tipo de embarcação dos vikings) norueguês chegou à costa canadense após uma travessia de cinco semanas.

O "Draken Harald Hårfagre", uma reconstrução moderna concebida a partir de vestígios arqueológicos e sagas - textos semi-legendários que narram as epopeias dos vikings - tocou a terra na quarta-feira (1/6) em Terra Nova, Canadá, indicou a tripulação no Facebook.

Trata-se do maior barco viking do mundo, com comprimento de 35 metros e largura de 8 metros. Ele zarpou em 26 de abril de Haugesund (sudoeste da Noruega) com uma tripulação formada por 33 membros e modernos instrumentos de navegação.

No caminho, a embarcação fez uma escala inesperada nas ilhas Shetland, depois nas ilhas Faroe, na Islândia e na Groenlândia.

Leia mais notícias em Mundo

"Não tem sido fácil, temos enfrentado muitos problemas durante essa viagem, mas a tripulação sempre manteve um bom ânimo e trabalhou duro o tempo todo" ao longo da travessia, expressou o capitão sueco, Björn Ahlander, no site da expedição.

A viagem pelo Atlântico Norte reproduziu a rota marítima que os vikings teriam percorrido há mais de 1.000 anos.

Segundo diversos historiadores, Leif Erikson, filho de Erik O Vermelho, haveria chegado à América por volta do ano 1.000, ou seja, quase cinco séculos antes de Cristóvão Colombo.

Restos encontrados nos anos 1960 em Anse aux Meadows, no extremo norte de Terra Nova, levam a acreditar que os vikings possam ter habitado o Canadá entre os anos 900 e 1050.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade