Publicidade

Correio Braziliense

Hamster que nasceu sem pelos ganha suéter e é adotada nos EUA

A ausência de pelagem em Silky, que tem 1 ano de idade, ocorre por conta de uma mutação genética


postado em 25/10/2016 17:58 / atualizado em 25/10/2016 18:00

O suéter foi presente de um funcionário da OHS(foto: Reprodução/ OHS)
O suéter foi presente de um funcionário da OHS (foto: Reprodução/ OHS)

 

Uma hamster de um ano de idade que nasceu sem pelos recebeu um mini suéter de presente de um funcionário da Oregon Humane Society (OHS), uma instituição que cuida de animais abandonados e em risco de morte. A ação rendeu grande repercussão na internet. Ela estava na OHS para tratar um ferimento no olho e foi agraciada com a roupinha.

Leia mais notícias em Mundo


Criada em 1868, a OHS cuida dos animais em risco e os coloca para adoção, oferecendo cuidados necessários para a saúde do animal. Devido a uma mutação genética, a ausência da pelagem trouxe à hamster Silky uma pele muito sensível e sem aquecimento natural no corpo desde o nascimento.

Silky foi adotada e precisa cuidados especiais, e passa maior parte do tempo em um habitat quente, limpo, com comida, água e uma roda para correr. Ela só usa o suéter para ocasiões especiais.

 

Na OHS, Silky recebe cuidados especiais, mas passa a maior parte do tempo
Na OHS, Silky recebe cuidados especiais, mas passa a maior parte do tempo "au naturale", em um habitat quente. (foto: Reprodução/ OHS)
 

 

Segundo o site da OHS, Matthew Sears, de SE Portland, se deparou-se com a história de Silky em um site de notícias e quis adotá-la. Matthew procurou a Oregon Humane Society e, segundo ele, foi amor a primeira vista. "Ela gosta de pessoas e é super simpática", afirma.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade