Publicidade

Estado de Minas

Rollemberg lamenta morte de Fidel: "Combatente pelas causas sociais"

O governador também comentou a dificuldade do regime do revolucionário: "Sob constante pressão, conduziu Cuba para uma corajosa política externa independente"


postado em 26/11/2016 22:01

(foto: AFP / ADALBERTO ROQUE)
(foto: AFP / ADALBERTO ROQUE)


O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, lamentou a morte do líder cubano Fidel Castro, ocorrida na noite de sexta-feira (25/11), aos 90 anos.

"Durante toda a sua vida, Fidel Castro se mostrou um combatente pelas causas sociais, alcançando em Cuba os melhores índices de saúde, esportes, cultura e de educação das Américas", disse o chefe do Buriti.

O governador também comentou a dificuldade do regime do revolucionário: "Sob constante pressão, conduziu Cuba para uma corajosa política externa independente, que mudou a história do século XX".

Raúl Castro anunciou que o corpo do irmão será cremado e as cinzas serão sepultadas em um cemitério em Santiago de Cuba, em 4 de dezembro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade