Publicidade

Correio Braziliense

Resultados de necropsia de George Michael "não são conclusivos"

O companheiro de Michael, Fadi Fawaz, explicou que o achou "deitado em paz" na cama de sua casa em Goring, oeste de Londres


postado em 30/12/2016 15:15

Os resultados da necropsia do astro do pop britânico George Michael, que morreu no dia de Natal, "não são conclusivos" sobre a causa do falecimento, e outra análise "post-mortem" deverá ser realizada, indicou a polícia britânica nesta sexta-feira (29/12).

"Foi realizada uma necropsia ontem (quinta-feira) como parte da investigação sobre a morte de George Michael" e os resultados "não são conclusivos", explicou o comunicado. A polícia acrescentou que serão realizadas mais análises, "cujos resultados levarão várias semanas para ser divulgados".
 

Anteriormente, a polícia havia indicado que a morte do cantor era "inexplicada, mas não suspeita".

O companheiro de Michael, Fadi Fawaz, explicou que o achou "deitado em paz" na cama de sua casa em Goring, oeste de Londres.

Seu representante Michael Lippman disse  à revista Billboard que aparentemente a causa da morte havia sido uma parada cardíaca.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade