Publicidade

Correio Braziliense

Irã é a ponta de lança do terrorismo mundial, afirma rei saudita

O rei Salman da Arábia Saudita fez neste domingo um ataque sem precedentes ao Irã, que chamou de "ponta de lança do terrorismo mundial"


postado em 21/05/2017 12:38

Rei saudita fez declarações diante do presidente americano Donald Trump (foto: Mandel Ngan/AFP)
Rei saudita fez declarações diante do presidente americano Donald Trump (foto: Mandel Ngan/AFP)
 
O rei Salman da Arábia Saudita fez neste domingo (21/5) um ataque sem precedentes ao Irã, que chamou de "ponta de lança do terrorismo mundial" na mensagem de abertura da reunião de cúpula entre países muçulmanos e Estados Unidos.

Ao mesmo tempo, afirmou que está decidido a "eliminar o grupo Estado Islâmico (EI) e todas as organizações terroristas, independente de sua religião, confissão ou ideologia".
 

"O regime iraniano tem sido a ponta de lança do terrorismo global desde a revolução (do aiatolá Ruhollah) Khomeini", afirmou o rei saudita diante do presidente americano Donald Trump e os representantes de 50 nações muçulmanas, incluindo 37 chefes de Estado e de Governo. 
 
Teerã "apoia os grupos e os movimentos terroristas como (o xiita libanês) Hezbollah, os huthis (rebeldes xiitas do Iêmen), Daesh (acrônimo árabe do EI, sunita), Al-Qaeda (sunita) e outros", completou Salman. 

Ao comentar a luta contra os grupos extremistas, o rei Salmán declarou: "Estamos unidos para lutar contra as forças do mal e do extremismo (...), atuar contra o terrorismo sob todas as suas formas e esgotar suas fontes de financiamento".

O reino sunita da Arábia Saudita é o maior rival do Irã xiita na região. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade