Publicidade

Correio Braziliense

Vaticano pede que se evite o uso excessivo da força na Venezuela

A Venezuela enfrenta confronto entre manifestantes anti-governo e forças de segurança desde a polêmica Assembleia Constituinte do presidente Nicolás Maduro


postado em 04/08/2017 08:51

Manifestantes anti-governo em confronto com a polícia na Venezuela(foto: Ronaldo Schemidt/ AFP - 20/7/2017)
Manifestantes anti-governo em confronto com a polícia na Venezuela (foto: Ronaldo Schemidt/ AFP - 20/7/2017)
Cidade do Vaticano, Santa Sé - O Vaticano pediu às forças de segurança da Venezuela que evitem o uso excessivo e desproporcional da força, em um comunicado divulgado nesta sexta-feira (4/8), horas antes da instalação da polêmica Assembleia Constituinte do presidente Nicolás Maduro. 

"A Santa Sé dirige um La Santa Sede dirige finalmente apelo urgente a toda a sociedade para que seja evitada toda forma de violência, convidando, em particular, as forças armadas que se abstenham do uso excessivo e desproporcional da força", afirma a nota do Vaticano.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade