Publicidade

Correio Braziliense

Polícia italiana prende 15 bombeiros voluntários que iniciaram incêndios

As detenções aconteceram depois que o comando provincial dos bombeiros ordenou uma investigação em consequência de um aumento brusco e anormal das intervenções da equipe


postado em 07/08/2017 11:03

Esta foto de arquivo tirada em 10 de julho de 2017 mostra um veículo de resgate de fogo no distrito de Annunziata, Messina, no nordeste da Sicília(foto: Giovanni Isolino/ AFP - 10/7/2017)
Esta foto de arquivo tirada em 10 de julho de 2017 mostra um veículo de resgate de fogo no distrito de Annunziata, Messina, no nordeste da Sicília (foto: Giovanni Isolino/ AFP - 10/7/2017)
Roma, Itália - Quinze bombeiros voluntários, suspeitos de provocar incêndios para receber os pagamentos de intervenção, foram detidos na Sicília, anunciou a polícia de Ragusa, sul da Itália.

Os bombeiros teriam provocado princípios de incêndio e e efetuado falsos alertas de socorro, de acordo com os investigadores. Isto permitia sua intervenção e a cobrança do pagamento de 10 euros por hora determinada pelo Estado.


Os 15 bombeiros voluntários, todos procedentes da província de Ragusa, sul da Sicília, foram detidos e acusados de fraude e danos. As detenções aconteceram depois que o comando provincial dos bombeiros ordenou uma investigação em consequência de um aumento brusco e anormal das intervenções da equipe.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade