Publicidade

Correio Braziliense

Exército israelense derruba casas de palestinos na Cisjordânia

Em 16 de junho, três palestinos atacaram uma policial israelense a faca na Cidade Velha de Jerusalém. Eles foram mortos em seguida pelas forças de segurança


postado em 10/08/2017 10:15

Autoridades israelenses derrubaram três casas e puniram um quarto dos palestinos que mataram um soldado e uma policial(foto: Abbas Momani/ AFP - 10/8/2017)
Autoridades israelenses derrubaram três casas e puniram um quarto dos palestinos que mataram um soldado e uma policial (foto: Abbas Momani/ AFP - 10/8/2017)
Jerusalém - O Exército israelense anunciou a demolição, nesta quinta-feira (10/8), na Cisjordânia ocupada, de três casas de palestinos autores de dois ataques contra uma policial e um soldado. Dois imóveis foram derrubados na localidade de Deir Abu Mashaal, perto de Ramallah, e uma foi lacrada, tendo seu acesso proibido a seus residentes, informou uma porta-voz militar.

Em 16 de junho, três palestinos atacaram uma policial israelense a faca na Cidade Velha de Jerusalém. Eles foram mortos em seguida pelas forças de segurança. A agente não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. O Exército também anunciou a demolição da casa de outro palestino, na localidade de Silwad, na Cisjordânia ocupada. Em 6 de abril, ele atropelou e matou um soldado israelense perto de uma colônia.

Periodicamente, os militares derrubam casas de palestinos autores de ataques contra Israel. Os críticos denunciam a medida como desproporcional, alegando que se trata de um castigo coletivo que afeta as famílias, as quais terminam nas ruas. O governo israelense rebate, insistindo no efeito dissuasivo dessas demolições.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade