Publicidade

Correio Braziliense

Autor do ataque em igreja no Texas aparentemente cometeu suicídio

Devin Patrick Kelley era perseguido por dois homens em uma caminhonete quando seu carro bateu na beira da estrada e o xerife acredita que foi nesse momento que o indivíduo se suicidou com uma arma de fogo


postado em 06/11/2017 12:57

No domingo às 11h20 locais, o jovem, vestido totalmente com roupas pretas, abriu fogo em frente à igreja antes de entrar no recinto e seguir atirando(foto: Reprodução/Internet)
No domingo às 11h20 locais, o jovem, vestido totalmente com roupas pretas, abriu fogo em frente à igreja antes de entrar no recinto e seguir atirando (foto: Reprodução/Internet)
Sutherland Springs, Estados Unidos - O atirador que matou 26 pessoas em uma pequena igreja de uma cidade do Texas no domingo aparentemente cometeu suicídio enquanto era perseguido, informou nesta segunda-feira (6/11) o xerife Joe Tackitt à cadeia CBS.

Devin Patrick Kelley era perseguido por dois homens em uma caminhonete quando seu carro bateu na beira da estrada e o xerife acredita que foi nesse momento que o indivíduo se suicidou com uma arma de fogo.

Kelley era então perseguido por um cidadão armado que o viu sair da igreja depois do tiroteio e que parou um caminhão e pediu ajuda ao motorista. "Preciso de ajuda, aquele homem atirou na igreja. Vamos segui-lo", contou Tackitt.

No domingo às 11h20 locais, o jovem, vestido totalmente com roupas pretas, abriu fogo em frente à igreja antes de entrar no recinto e seguir atirando.

A Força Aérea informou que Kelley serviu em uma base no Novo México desde 2010, antes de ser julgado por uma corte marcial em 2012 por agredir sua esposa e filho. Sentenciado a 12 meses de prisão, sofreu uma baixa desonrosa por má conduta.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade