Publicidade

Correio Braziliense

Tempestade tropical Rina se forma no Atlântico

Com ventos máximos sustentados de 65 quilômetros por hora, a tempestade se dirigia para o nordeste, deslocando-se a uma velocidade de 19 km/h


postado em 07/11/2017 15:39

(foto: Reprodução/ NOOA)
(foto: Reprodução/ NOOA)

 

A tempestade tropical Rina se formou no oceano Atlântico, a 17ª em uma temporada de furacões que já está acima da média, disseram meteorologistas nesta terça-feira.

Às 09H00 GMT (07H00 em Brasília), Rina não representava nenhuma ameaça para a terra firme, e se movia sobre o Atlântico 1.440 km ao leste de Bermuda, disse o Centro Nacional de Furacões (NHC) americano, com sede em Miami.

Com ventos máximos sustentados de 65 quilômetros por hora, a tempestade se dirigia para o nordeste, deslocando-se a uma velocidade de 19 km/h.

Espera-se que a intensidade de Rina aumente ao longo do dia, afirmou o NHC.

 

Leia mais notícias em Mundo

 

Já era esperado que esta temporada superasse a média, de entre 11 e 17 tempestades com nome, de acordo com as previsões dos meteorologistas realizadas no início deste ano.

Com tempestades devastadoras como Harvey, Irma e Maria, esta já foi a temporada de furacões mais ativa do Atlântico desde 2005, quando houve 28 tempestades com nome, que incluem tempestades tropicais e furacões.

A temporada é contabilizada oficialmente de 1 de junho a 30 de novembro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade