Publicidade

Correio Braziliense

Senado da Austrália abre caminho para casamento gay

Os senadores aprovaram a lei por 43 votos a 12, após rejeitar os pedidos de salvaguardas para a "liberdade religiosa", incluindo a permissão para que empresas e serviços possam rejeitar a organização de casamentos gays


postado em 29/11/2017 08:50

Foto tirada em 10 de setembro de 2017 mostra manifestantes em protesto a favor do casamento entre o mesmo sexo, em Sydney(foto: Daniel De Carteret / AFP )
Foto tirada em 10 de setembro de 2017 mostra manifestantes em protesto a favor do casamento entre o mesmo sexo, em Sydney (foto: Daniel De Carteret / AFP )


Sydney, Austrália -
O Senado australiano aprovou nesta quarta-feira (29/11) uma lei que abre caminho para a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo, apesar das objeções dos conservadores.

A nova lei deve ser aprovada sem dificuldades pela Câmara, nas próximas semanas, após a maioria dos deputados se comprometer a respeitar "a vontade dos australianos", que se pronunciaram a favor do casamento gay em uma consulta popular. 

Para Penny Wong, legisladora trabalhista e voz mais proeminente a favor dos direitos dos homossexuais, esta lei "diz a muitos australianos que este Parlamento, este país, os aceita por quem são". "Vosso amor não é algo inferior, como tampouco são vocês". 

Os senadores aprovaram a lei por 43 votos a 12, após rejeitar os pedidos de salvaguardas para a "liberdade religiosa", incluindo a permissão para que empresas e serviços possam rejeitar a organização de casamentos gays. Em consulta realizada pelos correios, 62% dos 12,7 milhões de australianos que votaram se disseram favoráveis ao casamento homossexual. Quase 80% dos eleitores participaram.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade