Publicidade

Correio Braziliense

Defesa pede para adiar julgamento de autor de atentados de Paris

O precesso diz respeito à troca de tiros com a polícia ocorrida em 15 de março de 2016 em, um esconderijo usado por Abdeslam, três dias antes de sua prisão na capital belga após quatro meses de fuga


postado em 13/12/2017 16:56

O advogado de defesa de Salah Abdeslam, único sobrevivente dos atentados de Paris em novembro de 2015, pediu nesta quarta-feira um adiamento do julgamento marcado para segunda-feira, em Bruxelas.

O precesso diz respeito à troca de tiros com a polícia ocorrida em 15 de março de 2016 em, um esconderijo usado por Abdeslam, três dias antes de sua prisão na capital belga após quatro meses de fuga.

 

Leia as últimas notícias de Mundo

 

O francês de origem marroquina e de 28 responde junto a um cúmplice à acusação de tentativa de assassinato de policiais em um contexto terrorista.

Uma fonte judicial ligada ao caso afirmou que o pedido da defesa deve ser aceito, o que confirma informações da imprensa.

"A transferência de Salah Abdeslam e sua entrega às autoridades belgas foram anuladas", afirmou a tv pública belga RTBF.

Outra fonte judicial afirmou que o tribunal deverá ditar o adiamento de algumas semanas para o julgamento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade