Publicidade

Correio Braziliense

Guantánamo está 'preparada' para receber novos internos

O presidente Donald Trump assinou no mês passado uma ordem executiva para reverter a diretriz de 2009 de seu antecessor Barack Obama, nunca cumprida, de fechar o difamado centro penitenciário


postado em 15/02/2018 20:34

(foto: AFP / MLADEN ANTONOV)
(foto: AFP / MLADEN ANTONOV)
 
Um funcionário militar americano de alto escalão disse nesta quinta-feira (15/2) que a prisão da Baía de Guantánamo está "preparada" para receber novos detidos, mas que ainda não obteve a a ordem para fazê-lo. 

O presidente Donald Trump assinou no mês passado uma ordem executiva para reverter a diretriz de 2009 de seu antecessor Barack Obama, nunca cumprida, de fechar o difamado centro penitenciário. 

"Temos 41 detidos que estão lá neste momento. Estamos preparados para receber mais em caso de serem enviados", disse a legisladores o almirante Kurt Tidd, que supervisiona o Comando Sul, que inclui Guantánamo. 

"Até o dia de hoje não nos informaram que novos detidos podem vir, mas nossa responsabilidade será integrá-los de maneira efetiva", assegurou. 

Funcionários militares americanos discutiram abertamente o destino dos detidos do grupo Estado Islâmico, principalmente combatentes estrangeiros, capturados por milícias apoiadas pelos Estados Unidos no norte da Síria. 

Guantánamo não recebeu nenhum novo recluso desde 2008 mas, em campanha, Trump prometeu encher as instalações de "tipos ruins" e disse que ficaria "bem" se os suspeitos americanos de terrorismo fossem enviados para lá para seu julgamento.

Durante seu discurso sobre o estado da União em janeiro, o presidente disse que os presos do EI acabariam em "muitos casos" em Guantánamo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade