Publicidade

Correio Braziliense

Político dos EUA é criticado por rifar AR-15 após massacre em escola

Candidato ao Congresso, republicano Tyler Tannahill baseia sua campanha na defesa do direito a portar armas e contra o aborto


postado em 15/02/2018 22:20

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)
 
Um candidato ao Congresso americano no estado do Kansas mantinha seus planos, nesta quinta-feira (15/2), de dar como prêmio de campanha uma arma do mesmo tipo usado no ataque a uma escola da Flórida em que morreram 17 pessoas.

A campanha do republicano Tyler Tannahill prometeu entregar um rifle semiautomático AR-15 em um sorteio gratuito organizado antes do ataque de quarta-feira.

Tannahill baseia sua campanha na defesa do direito a portar armas e contra o aborto, em um distrito majoritariamente republicano.

"É óbvio que os corações meu e da minha esposa estão com esses indivíduos" afetados pelo ataque a tiros na Flórida, disse Tannahill à AFP. 

Mas acrescentou: "Não podemos punir os proprietários de armas legais, responsáveis, por causa de indivíduos que violam a lei".

A campanha de Tannahill gerou reações negativas nas redes sociais.

"Se tem algo de decência, retire a oferta de seu AR-15 do Facebook", disse Matthew Herbert no Twitter. 

O ataque de quarta-feira foi o 18º a uma escola desde 1º de janeiro nos Estados Unidos, onde 33.000 pessoas morrem por ano como consequência do uso de armas de fogo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade