Publicidade

Correio Braziliense

Ivanka Trump irá a Pyeongchang, mas não prevê contatos com norte-coreanos

A filha do presidente dos EUA, que dirigirá a delegação americana, chegará a Seul na noite de sexta-feira e vai jantar com o presidente Moon Jae-in na Casa Azul


postado em 21/02/2018 21:32

(foto: AFP / MONEY SHARMA)
(foto: AFP / MONEY SHARMA)
 
Ivanka trump, filha mais velha e assessora de Donald Trump, assistirá no domingo à cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos de inverno da Coreia do Sul, mas não tem previsto contato algum com representantes norte-coreanos, disse nesta quarta-feira (21/2) um alto funcionário dos Estados Unidos.

A filha do presidente republicano, que dirigirá a delegação americana, chegará a Seul na noite de sexta-feira e vai jantar com o presidente Moon Jae-in na Casa Azul. No fim de semana presenciará diferentes competências em Pyeongchang e na noite de domingo estará presidente na cerimônia de encerramento.

Interrogado se tinha pensado em se reunir com representantes norte-coreanos, o alto funcionário disse simplesmente: "Não".

"O objetivo desta viagem é incentivar os atletas americanos (...), saudar estes jogos e reafirmar a força da aliança entre Estados Unidos e Coreia do Sul", acrescentou.

Segundo este mesmo alto funcionário, Ivanka Trump, que é uma "amante dos esportes de inverno", aceitou com entusiasmo esta missão que seu pai lhe encomendou.

O vice-presidente, Mike Pence, havia assistido à cerimônia de inauguração dos Jogos Olímpicos.

Segundo o Departamento de Estado, Pence estava disposto a se reunir com uma delegação de altos funcionários norte-coreanos à margem dos Jogos, mas esta "breve reunião" foi anulada "no último momento" por Pyongyang.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade