Publicidade

Correio Braziliense

Plano de paz para o Oriente Médio está quase pronto, afirma embaixadora

A embaixadora dos Estados Unidos na ONU disse que o plano não será amado nem odiado, mas é uma base para começar uma conversa


postado em 23/02/2018 09:08

Chicago, Estados Unidos - A embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Nikki Haley, afirmou, nessa quinta-feira (22/2) que uma proposta de paz muito aguarda entre israelenses e palestinos está quase concluída.

"Acredito que estão terminando", disse Haley ao ser questionada sobre os termos de uma proposta de paz no Oriente Médio, durante um evento no Instituto de Política da Universidade de Chicago.

A notícia foi revelada um dia depois de uma reunião dos dois principais emissários para o Oriente Médio do presidente Donald Trump, seu genro Jared Kushner, e o conselheiro Jason Greenblatt, com os embaixadores do Conselho de Segurança da ONU, quando pediram apoio ao próximo plano de paz.   


As declarações foram feitas após perguntas do diretor do instituto acadêmico, David Axelrod, que foi assessor do ex-presidente Barack Obama, sobre a polêmica decisão do governo dos Estados Unidos de declarar Jerusalém capital de Israel.

"O Congresso teria aprovado a nomeação de Jerusalém como capital de Israel e a transferência de nossa embaixada", disse Haley.

A representante americana na ONU afirmou que vários presidentes trabalharam com um "doutrina de medo de que o céu desabaria" em caso de tal declaração.

O líder palestino Mahmud Abbas pediu na quarta-feira (21/2) a organização nos próximos meses de uma conferência internacional para iniciar um amplo processo de paz, na qual os Estados Unidos não teriam o papel de mediador central. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade