Publicidade

Correio Braziliense

Dez civis morrem em novos bombardeios do regime sírio contra Guta Oriental

Entre as vítimas, nove são membros de uma mesma família


postado em 26/02/2018 09:26 / atualizado em 26/02/2018 09:51

Beirute, Líbano - Ao menos 10 civis morreram nesta segunda-feira (26/2) em bombardeios aéreos e disparos de foguetes do regime sírio contra o reduto rebelde de Guta Oriental, perto de Damasco, anunciou a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Entre as vítimas estão nove membros de uma família, incluindo três crianças. Eles morreram em ataques aéreos do regime sírio contra Duma, a principal cidade de Guta Oriental, segundo o OSDH.

Os bombardeios prosseguem, apesar da votação no Conselho de Segurança da ONU que aprovou no sábado uma resolução que pede uma trégua em toda a Síria para permitir o envio de ajuda humanitária e a retirada dos feridos graves.

Mas os ataques perderam intensidade na comparação com os bombardeios da semana passada, afirmou o OSDH.

O regime sírio iniciou em 18 de fevereiro uma intensa campanha contra Guta Oriental, último reduto rebelde nas proximidades de Damasco, prelúdio segundo a imprensa estatal síria de uma ofensiva terrestre para reconquistar este território.

Em sete dias de bombardeios, mais de 500 pessoas morreram, segundo o OSDH.
Ver galeria . 13 Fotos Colunas de fumaça vistas após sequência de bombardeio aéreo na cidade rebelde de Hamouria, na região sitiada de Ghouta Oriental, nos arredores da capital, Damasco, na SíriaAbdulmonam Eassa/AFP
Colunas de fumaça vistas após sequência de bombardeio aéreo na cidade rebelde de Hamouria, na região sitiada de Ghouta Oriental, nos arredores da capital, Damasco, na Síria (foto: Abdulmonam Eassa/AFP )

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade