Publicidade

Correio Braziliense

Candidatura de Donald Trump ao Nobel da Paz seria fraudulenta

Há indícios de que a indicação foi feita por uma pessoa que usurpou uma identidade para lhe dar uma aparente legitimidade.


postado em 28/02/2018 13:07

(foto: Mandel Ngan/AFP)
(foto: Mandel Ngan/AFP)

Oslo, Noruega - O Instituto Nobel norueguês anunciou nesta quarta-feira (28) ter feito uma denúncia, após receber uma indicação - "certamente fraudulenta" - do presidente americano, Donald Trump, ao Prêmio Nobel da Paz. "Temos boas razões para crer que uma candidatura que recebemos referente a Trump foi falsificada", disse à AFP o diretor do Instituto Nobel, Olav Njølstad.

Ele não deu mais detalhes, deixando nas mãos da Polícia a resolução desse caso. Como acontece todos os anos, as candidaturas ao Nobel da Paz deveriam ser depositadas até 31 de janeiro. Apenas algumas personalidades estão habilitadas a propor nomes, entre as quais parlamentares, ministros, ex-premiados, alguns professores de universidade etc.).

Embora a lista de candidaturas se mantenha em segredo há 50 anos, o Instituto de Pesquisa sobre a Paz de Oslo (PRIO) afirmou, no início de fevereiro, que o atual hóspede da Casa Branca está entre os indicados.

Saudado por sua "ideologia de paz pela força", Trump teria sido - assim como no ano passado - proposto por um americano que não quer divulgar sua identidade, segundo o PRIO, organização independente do círculo Nobel, mas que acompanha de perto os assuntos, em particular no que diz respeito às indicações anunciadas publicamente.

Tudo parece indicar, porém, que esta indicação foi feita por uma pessoa que usurpou uma identidade para lhe dar uma aparente legitimidade.

O Instituto Nobel disse ter recebido este ano 329 candidaturas válidas para o Nobel da Paz, incluindo-se as antecipadas pelos cinco membros do comitê que atribui o prêmio. Eles também são autorizados a propor nomes em sua primeira reunião anual, que aconteceu na segunda-feira (26).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade