Publicidade

Correio Braziliense

Ministro da Venezuela diz que eleições presidenciais devem ser adiadas

A coalizão oposicionista prometeu boicotar a eleição, a menos que o governo tome medidas para garantir uma disputa justa


postado em 01/03/2018 14:48

O ministro das Comunicações da Venezuela, Jorge Rodríguez, afirmou nesta quinta-feira (1/3) que o governo chegou a um acordo com vários partidos de oposição para adiar a eleição presidencial em um mês. Rodríguez fez o anúncio após assinar um acordo hoje com representantes de vários partidos que romperam com a principal coalizão oposicionista, que decidiu boicotar a eleição de 22 de abril por considerá-la ilegal.

A coalizão oposicionista prometeu boicotar a eleição, a menos que o governo tome medidas para garantir uma disputa justa. Uma exigência era o adiamento da disputa, o que daria aos partidos mais tempo para se preparar.

Rodríguez não deu uma data precisa, mas disse que a disputa eleitoral ocorreria na segunda metade de maio e coincidiria com as eleições legislativas locais e estaduais pelo país.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade