Publicidade

Correio Braziliense

Rússia, Irã e Turquia anunciam reunião para tratar sobre a Síria

No próximo dia 16, os ministros das Relações Exteriores dos três países, que são mediadores nas negociações sobre a guerra na Síria, irão se encontrar no Cazaquistão


postado em 06/03/2018 10:01

Moscou, Rússia - Os ministros das Relações Exteriores da Rússia, Turquia e Irã - países mediadores das negociações Astana sobre a guerra na Síria - se reunirão no dia 16 de março na capital do Cazaquistão, anunciou o governo cazaque.

"Os ministros têm a intenção de reunir-se na capital do Cazaquistão em 16 de março, mas sem observadores nem partes sírias", informa um comunicado da chancelaria cazaque.

"De acordo com informações do ministério russo das Relações Exteriores, o emissário da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, será convidado", completa a nota.

O anúncio da reunião de Astana acontece no momento em que o governo sírio prossegue com os bombardeios no território rebelde de Ghuta Oriental, perto de Damasco, em ataques de desde 18 de fevereiro provocaram a morte de mais de 770 pessoas.

Os três países devem discutir suas futuras ações conjuntas, segundo o ministério cazaque das Relações Exteriores. "Os participantes pretendem analisar os resultados do primeiro ano de cooperação para tentar solucionar a situação na Síria".

Em janeiro de 2017, Rússia e Irã, aliados do governo sírio, e a Turquia, que apoia os rebeldes, organizaram, sem a presença dos Estados Unidos, negociações em Astana com representantes do regime e de uma delegação rebelde.

O processo de Astana resultou até o momento na criação de quatro "zonas de distensão" com o objetivo de diminuir a intensidade dos confrontos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade