Publicidade

Correio Braziliense

Tigre mata homem que trabalhava em obra em vilarejo remoto na Indonésia

A vítima foi encontrada por vizinhos com ferimentos no pescoço


postado em 11/03/2018 09:53 / atualizado em 11/03/2018 10:10

Jacarta, Indonédia - Um homem morreu ao ser atacado por um tigre de Sumatra em um vilarejo remoto da Indonésia, anunciaram as autoridades locais neste domingo (11/3).


Yusri Effendi, de 34 anos, foi encontrado no sábado à noite por vizinhos na província de Riau, na ilha de Sumatra. Tinha ferimentos no pescoço. 

A vítima trabalhava com várias pessoas em uma obra da cidade de Tanjung Simpang quando um tigre foi observado nas proximidades. 

Os pedreiros aguardaram várias horas para deixar o local, imaginando que o animal teria abandonado a região. Mas pouco depois encontraram o tigre. 

Os colegas da vítima afirmaram que se dispersaram para escapar do animal, mas Effendi não conseguiu evitar o ataque. Ele foi encontrado pouco depois, perto de um rio.

"Quando tiraram sua roupa, observaram a ferida aberta na altura do pescoço", informa um comunicado da agência de proteção do meio ambiente da província de Riau. 

Nos últimos anos foram registrados vários casos de pessoas mortas em ataques de tigres na Indonésia, em meio a ações de desmatamento para ampliar os cultivos de óleo de palma. 

O desmatamento acaba com os habitats dos animais e facilita o contato com os humanos. 

Em janeiro, uma funcionária de uma plantação de óleo de palma, também na província de Riau, foi atacada por um tigre no local de trabalho. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade