Publicidade

Correio Braziliense

Motores da VW ainda não cumprem normativa antipoluição, aponta estudo

Cerca de 6 milhões de veículos, 42 mil deles na Austrália, tiveram o recall convocado, segundo dados da Volkswagen


postado em 12/03/2018 15:40

(foto: AFP / Odd ANDERSEN)
(foto: AFP / Odd ANDERSEN)

 
Os veículos da Volkswagen continuam sem cumprir a normativa antipoluição, apesar de terem sido chamados à revisão para corrigir seus motores - revela um estudo publicado nesta segunda-feira (12/3) pela Associação Australiana do Automóvel (AAA).

No fim de 2015, a maior fabricante mundial de automóveis reconheceu que 11 milhões de seus carros a diesel usavam um software para manipular os resultados dos testes de poluição e que suas emissões superavam em 40 vezes o máximo estabelecido. 

Mas, embora esses veículos tenham sido alvo de "recalls", de acordo com a AAA, eles continuam a não respeitar a normativa.

"A análise das emissões (...) demonstra que os veículos Volkswagen afetados utilizam 14% a mais de diesel após a revisão e que têm níveis de emissões nocivas superiores em 400% aos que tinham sido observados nos testes de laboratório", indicou a AAA em nota.

Embora as emissões sejam inferiores às de antes do recall, elas continuam acima dos limites autorizados na Austrália, segundo a associação, que fez os testes em colaboração com a Federação Internacional do Automóvel (FIA).

Contudo, a Volkswagen garantiu nesta segunda-feira que a KBA, agência federal alemã do automóvel, aprovou a revisão de seu software e que os veículos revisados "continuam cumprindo as normas europeias e australianas de emissões".

Cerca de 6 milhões de veículos, 42 mil deles na Austrália, tiveram o recall convocado, segundo dados da Volkswagen.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade