Publicidade

Correio Braziliense

Comboio de ajuda alimentar entra no reduto rebelde sírio de Guta Oriental

O comboio conta com 25 caminhões, abastecidos com mais de 5 mil pacotes de alimentos que levam ajuda a 26 mil pessoas


postado em 15/03/2018 09:52

Mais de 26 mil pessoas aguardam ajuda em Guta (foto: Louai Beshara / AFP)
Mais de 26 mil pessoas aguardam ajuda em Guta (foto: Louai Beshara / AFP)
Beirute, Líbano - Um comboio de ajuda humanitária entrou, nesta quinta-feira (15/3), no sitiado território rebelde de Ghuta Oriental, próximo a Damasco - indicou um porta-voz na Síria do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICR).

De acordo com o porta-voz Pawel Krzysiek, "o comboio entrou em Ghuta e se dirige para Duma", principal cidade do enclave.

Trata-se de um comboio conjunto do CICR, do Crescente Vermelho sírio e da ONU, integrado por 25 caminhões com 5.200 pacotes de alimentos e 5.220 sacos de farinha, que levam ajuda para 26.100 pessoas, completou a mesma fonte.

"É apenas uma pequena parte do que as famílias precisam", afirmou o porta-voz.

Essa é a terceira entrega para a cidade de Duma em dez dias.

Apoiadas pela Rússia, as forças do governo Bashar al-Assad lançaram em 18 de fevereiro um assalto contra Ghuta Oriental para recuperar o último reduto da oposição perto de Damasco.

Mais de 1.220 civis morreram nesse território desde essa data, segundo um último balanço.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade