Publicidade

Correio Braziliense

Reino Unido convoca Zuckerberg para esclarecer vazamento de dados

Objetivo é esclarecer o uso ilícito de informação pessoal de usuários da rede social supostamente empregado pela empresa


postado em 20/03/2018 10:48 / atualizado em 20/03/2018 11:39

Uma comissão parlamentar britânica solicitou o comparecimento do fundador e presidente do Facebook, Mark Zuckeberg, para esclarecer o uso ilícito de informação pessoal de usuários da rede social supostamente empregado pela empresa Cambridge Analytica.

"Chegou o momento de escutar um alto executivo do Facebook com autoridade suficiente para explicar este grande fracasso", disse Damien Collins, o deputado que preside o comitê, na convocatória dirigida a Zuckerberg. 

"O comitê perguntou insistentemente ao Facebook como as empresas adquirem e retêm informação dos usuários, e em particular se pegam seus dados sem seu consentimento", explicou Collins. 

"As respostas de seus representantes" a essas perguntas "subestimaram consistentemente este risco e foram enganosas", narrou o deputado.

Segundo a investigação realizada pelos jornais The New York Times e The Observer (a edição dominical do jornal britânico The Guardian), a Cambridge Analytica usou dados de milhões de usuários de Facebook, sem seu consentimento, com os quais teria criado um programa destinado a prever e influenciar o voto dos eleitores.

O interesse nas atividades de Cambridge Analytica foi redobrado após a transmissão no domingo de um reportagem do Channel 4 na qual os diretores ofereciam a um jornalista que se fez passar por cliente potencial desacreditar seus rivais políticos envolvendo-os com prostitutas ou subornos, por exemplo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade