Publicidade

Correio Braziliense

Desmond Tutu diz que Winnie Mandela foi um símbolo da luta Anti-apartheid

"Ela se negou a ceder ante a prisão do marido, a perseguição contínua a sua família por parte das forças de segurança, as prisões, as proibições", afirmou.


postado em 02/04/2018 12:41

O ex-arcebispo anglicano sul-africano Desmond Tutu lamentou a morte de Winnie Mandela, que faleceu nesta segunda-feira (4/2) aos 81 anos(foto: Rodger Bosch/ AFP )
O ex-arcebispo anglicano sul-africano Desmond Tutu lamentou a morte de Winnie Mandela, que faleceu nesta segunda-feira (4/2) aos 81 anos (foto: Rodger Bosch/ AFP )


Joanesburgo, África do Sul
- O ex-arcebispo anglicano sul-africano Desmond Tutu afirmou nesta segunda-feira (4/2) que Winnie Mandela, a ex-esposa de Nelson Mandela, falecida aos 81 anbos, foi um grande símbolo da luta contra o regime racista do apartheid.

"Ela se negou a ceder ante a prisão do marido, a perseguição contínua a sua família por parte das forças de segurança, as prisões, as proibições", afirmou.

"Sua atitude de desafio me inspirou profundamente, assim como gerações de lutadores", acrescentou o Prêmio Nobel da Paz em um comunicado.

Winnie Mandela faleceu em decorrência "de uma longa doença" nesta segunda-feira (2/4)em um hospital de Joanesburgo, anunciou seu porta-voz.

"É com grande tristeza que informamos ao público que a Sra. Winnie Madikizela Mandela faleceu no hospital Milkpark de Joanesburgo na segunda-feira, 2 de abril", declarou Victor Dlamini em um comunicado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade