Publicidade

Correio Braziliense

Israel anula polêmico projeto de expulsões de migrantes africanos

"O Alto Comissariado da ONU para os Refugiados e Israel chegaram a um acordo que permite a saída de pelo menos 16.250 migrantes africanos para países ocidentais", aponta comunicado


postado em 02/04/2018 12:47

Jerusalém, Undefined - Israel anunciou nesta segunda-feira (2/4) ter anulado um controverso projeto de expulsão de migrantes africanos, além de ter assinado um acordo com a ONU para a reinstalação de um parte deles em países ocidentais.

"O Alto Comissariado da ONU para os Refugiados e Israel chegaram a um acordo que permite a saída de pelo menos 16.250 migrantes africanos para países ocidentais, enquanto que o Estado de Israel vai regulamentar o status dos que vão permanecer", aponta um comunicado divulgado pelo gabinete do premiê Benjamin Netanyahu.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade