Publicidade

Correio Braziliense

Conselheiro de Segurança Interna de Trump deixa o cargo

Tom Bossert era considerado um dos conselheiros favoritos do presidente em questões como planejamento contra ações terroristas, por exemplo


postado em 10/04/2018 13:00

(foto: Drew Angerer / Getty Images North America/ AFP)
(foto: Drew Angerer / Getty Images North America/ AFP)
Washington, Estados Unidos -
Tom Bossert, conselheiro de Segurança Interna do presidente americano Donald Trump, decidiu deixar o cargo, anunciou nesta terça-feira (10/4) o executivo americano.

"O presidente agradece Tom por seu compromisso com a segurança do nosso grande país", indicou Sarah Sanders, porta-voz de Donald Trump, em um breve comunicado.

Bossert era considerado um dos conselheiros favoritos do presidente, particularmente em questões como planejamento contra ações terroristas, resposta a desastres naturais e ataques cibernéticos.

A retórica comedida de Bossert, vista como perfeitamente adequada para a televisão, elevou-o ao status de um dos favoritos do presidente.

No fim de semana, Bossert concedeu várias entrevistas na televisão para discutir a possível resposta do governo ao aparente ataque químico na Síria.

A saída de Bossert ocorre apenas um dia após a chegada do ultraconservador John Bolton como o quarto conselheiro de Segurança Nacional na Casa Branca desde a eleição de Trump.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade