Publicidade

Correio Braziliense

Assad: ataque à Síria aumenta determinação de "lutar contra terrorismo"

A declaração foi feita durante um telefonema ao iraniano Hassan Rohani


postado em 14/04/2018 10:26

O presidente sírio Bashar al-Assad se declarou neste sábado mais determinado do que nunca a "lutar contra o terrorismo" na Síria, após os bombardeios ocidentais contra objetivos militares de seu regime em represália por um suposto ataque químico.

"Esta agressão apenas reforça a determinação da Síria de seguir lutando e esmagando o terrorismo", afirmou Assad em uma conversa por telefone com o colega iraniano Hassan Rohani, segundo a presidência síria.

 

Os Estados Unidos, França e Reino Unido bombardearam alvos na Síria na madrugada deste sábado, em uma ação coordenada contra o regime de Bashar Al Assad uma semana após um suposto ataque com armas químicas ter matado cerca de 40 civis nos arredores de Damasco.

 

O presidente americano, Donald Trump, anunciou ter ordenado "às forças armadas dos Estados Unidos ataques de precisão contra alvos associados à capacidade de armas químicas do ditador Bashar Al Assad". "No sábado passado, o governo de Assad utilizou novamente armas químicas para massacrar civis inocentes, desta vez na cidade de Duma (...). Este massacre foi uma escalada significativa no  padrão de uso de armas químicas por parte deste regime terrível".

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade