Publicidade

Correio Braziliense

Trump diz que pode convidar Kim aos EUA se cúpula correr bem

Ele também indicou que espera uma "normalização" das relações entre os dois países


postado em 07/06/2018 17:53

(foto: Nicholas Kamm/AFP )
(foto: Nicholas Kamm/AFP )
Washington, Estados Unidos -
O presidente americano, Donald Trump, declarou nesta quinta-feira (7) que está disposto a convidar o líder norte-coreano, Kim Jong Un, aos Estados Unidos se a cúpula entre os dois, prevista para 12 de junho em Singapura, correr bem.

Ele também indicou que espera uma "normalização" das relações entre os dois países.

"A resposta é sim (...) com certeza se correr bem", disse Trump a um jornalista que perguntou se ele planejava convidar o líder norte-coreano aos Estados Unidos.

"Gostaríamos de uma normalização, sim", declarou à imprensa ao lado do primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, em visita a Washington.

Trump também disse que a carta que enviou na semana passada a Kim Jong Un era "calorosa e amável". "Gostei muito", assegurou. 

A mensagem "só dizia que 'não podemos esperar para a cúpula, esperamos que aconteçam coisas grandiosas'", afirmou. 

O presidente americano, que acredita que a reunião com Kim será um "grande sucesso", também advertiu que está completamente preparado para retirar-se.

"Estou pronto para ir embora (...) Espero que não seja necessário. Realmente acho que Kim Jong Un quer fazer algo grandioso para seu povo, para sua família e para ele mesmo", afirmou. 

Trump também se comprometeu a abordar em seu encontro com Kim o tema dos cidadãos japoneses sequestrados pela Coreia do Norte nas décadas de 1970 e 1980. 

Abe, por sua vez, disse que está pronto para o diálogo direto com Pyongyang.

"Desejo encarar diretamente a Coreia do Norte e falar com eles para que o problema dos sequestros possa ser resolvido rapidamente", disse o presidente japonês em coletiva de imprensa. 

Ele acrescentou que não há mudanças na política do Japão para buscar "a paz real no nordeste da Ásia" e que se a Coreia do Norte "está disposta a tomar medidas" na direção correta, terá um "futuro brilhante".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade