Publicidade

Correio Braziliense

Trump é acusado de receber pagamentos ilegais de estrangeiros

A acusação aponta conflito de interesses e que como presidente Trump não manteve a distância suficiente de seu grupo econômico


postado em 11/06/2018 20:09

(foto: Saul Loeb / AFP)
(foto: Saul Loeb / AFP)

 
O estado de Maryland e a cidade de Washington acusaram nesta segunda-feira, 11/6, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de receber pagamentos ilegais de funcionários estrangeiros através do uso de seu hotel na capital dos EUA. 


Na Constituição americana existe uma "cláusula de retribuições" que proíbe qualquer funcionário público de "aceitar presentes, retribuições, funções ou títulos de qualquer tipo, seja de rei, príncipe ou estado estrangeiro", sem o aval do Congresso.

A acusação, apresentada a um tribunal federal de Washington, aponta conflito de interesses e que como presidente Trump não manteve a distância suficiente de seu grupo econômico.

Quando assumiu o poder, em janeiro de 2017, Trump entregou a seus filhos a gestão de seus negócios, mas conservou sua parte na Trump Organization.

Muitas delegações estrangeiras que visitam Washington se hospedam no International Hotel, do grupo Trump, situado próximo à Casa Branca, denunciam o procurador-geral de Washington, Karl Racine, e seu colega do estado de Maryland, Brian Frosh..

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade