Publicidade

Correio Braziliense

Ivanka Trump e seu marido ganharam US$ 82 milhões em 2017, diz imprensa

Para evitar serem acusados de conflito de interesses, Ivanka Trump e Jared Kushner entregaram a gestão diária de suas empresas a parentes desde que começaram a trabalhar na Presidência, onde não recebem salários, mas mantêm ações em várias empresas


postado em 12/06/2018 15:50

(foto: SAUL LOEB / AFP)
(foto: SAUL LOEB / AFP)
Washington, Estados Unidos -
A filha do presidente de Estados Unidos Donald Trump, Ivanka, e seu marido ganharam pelo menos 82 milhões de dólares em 2017, graças aos investimentos em empresas que dirigiam antes de assumir como conselheiros da Casa Branca, anunciou nesta terça-feira (12) o Washington Post.

Para evitar serem acusados de conflito de interesses, Ivanka Trump e Jared Kushner entregaram a gestão diária de suas empresas a parentes desde que começaram a trabalhar na Presidência, onde não recebem salários, mas mantêm ações em várias empresas. 

Sua participação no Trump International Hotel em Washington, informou em 2017 a filha do presidente, era de 3,9 milhões de dólares. Em sua saída da Organização Trump ela cobrou 2 milhões, diz o jornal, que cita declarações de ativos e receitas divulgadas na segunda-feira. 

Jared Kushner ganhou um total de 70 milhões de dólares, dos quais 5 milhões vieram das residências de Quail Ridge no estado de Nova Jersey, que pertencem às Kushner Companies.

O genro de Donald Trump declarou receitas de dezenas de companhias ligadas à empresa imobiliária de sua família. 

Alguns dos ativos do casal foram declarados como comuns. 

O Washington Post estima que, no ano passado, os ativos de Jared Kushner estavam entre 179 e 735 milhões de dólares, e os de Ivanka Trump entre 55,3 e 75,6 milhões. 

O jornal observa que é difícil calcular exatamente esses valores a partir da declaração de ativos, em parte porque o Gabinete de Ética do Governo emprega uma gama muito ampla. 

Em julho de 2017, data de sua última declaração, o casal informou pelo menos 19 milhões de dólares de receita em comum de suas empresas e mais de 80 milhões gerados por seus imóveis e outras fontes entre janeiro de 2016 e início de 2017.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade