Publicidade

Correio Braziliense

Merkel diz que migrações podem decidir o destino da União Europeia

Merkel é favorável a criar uma coalizão de voluntários para buscar acordos que permitam devolver os migrantes ao primeiro país no qual foram registrados


postado em 28/06/2018 06:59 / atualizado em 28/06/2018 07:32

(foto: John Macdougall/AFP)
(foto: John Macdougall/AFP)

 
Berlin, Alemanha - A chanceler alemã Angela Merkel afirmou nesta quinta-feira (28/6) que as migrações podem decidir o destino da União Europeia (UE), poucas horas antes de uma reunião sobre o tema em Bruxelas.

"A Europa tem muitos desafios, mas o relacionado com a questão migratória poderia decidir o destino da União Europeia", afirmou.

"Ou encontramos uma solução para que na África e em outras partes as pessoas tenham o sentimento de que nos guiamos por valores e que defendemos o multilateralismo e não o unilateralismo, ou ninguém acreditará em nossos valores, os que nos tornaram tão fortes", completou.

Merkel é favorável a criar uma "coalizão de voluntários" entre os 28 países da UE para buscar acordos que permitam devolver os migrantes ao primeiro país no qual foram registrados.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade